Política

“Cada vereador de Salvador tem direito a R$ 60 mil para contratar", critica MK

A verba de R$ 60 mil que os vereadores de Salvador têm direito para contratar assessores e afins foi comentada na manhã desta quarta-feira (12) por Mário Kertész na Rádio Metrópole. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 12 de Agosto de 2015 ⋅ 07:46

A verba de R$ 60 mil que os vereadores de Salvador têm direito para contratar assessores e afins foi comentada na manhã desta quarta-feira (12) por Mário Kertész na Rádio Metrópole. Segundo MK, na cidade de Londrina, no Paraná, a população exigiu que os vereadores diminuíssem o valor de seus salários. “Já aqui em Salvador nós somos todos amestrados para não fazer nada. Aqui a gente resolve tudo em mesa de bar, com uma cerveja, um café, um copo de água, e não é assim. Cada vereador de Salvador tem R$ 60 mil para contratar. Ontem, ouvi um vereador dizer que precisa contratar técnicos, jornalistas, advogados. Que papo amarelo é esse? Papo sem graça. Nós todos somos um bando de babacas, aceitamos isso”, disse.

“Nas duas vezes que eu fui prefeito, e  tive boa relação com a Câmara, os vereadores não tinham essa bocada. A mesma coisa acontece na Assembleia, mas a situação tá feia, a crise tá aí, se os políticos não souberem segurar a onda, vão padecer. Não é possível que a Assembleia com o orçamento que tem, mais de R$ 400 milhões, vá precisar de suplementação. Estou até pensando em ser vereador”, destacou MK.

MK ainda pediu que a população ficasse atenta. “Quantos desses vereadores participaram do banquete régio que foi servido pelo cidadão que estava lá? O que eu falo é pelo clamor popular, cadê nós? Onde nós estamos? Nós somos um bando de babacas, aceitamos como cordeirinhos?  R$ 60 mil por mês para cadda vereador, esse povo vai aprender por bem ou vai aprender na porrada”, analisou. 

Notícias relacionadas