Política

Geddel se diz envergonhado com correligionários que se aliaram a Dilma

O ex-ministro e presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, criticou o governo federal durante a manifestação realizada neste domingo (16), no Farol da Barra. Em entrevista ao Metro1, ele afirmou que as manifestações tendem a crescer cada vez mais.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Morais e Matheus Simoni no dia 16 de Agosto de 2015 ⋅ 12:43

O ex-ministro e presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, criticou o governo federal durante a manifestação realizada neste domingo (16), no Farol da Barra. Em entrevista ao Metro1, ele afirmou que as manifestações tendem a crescer cada vez mais. "O povo brasileiro não aguenta mais tanta mentira e tanta corrupção. Isso é roubo do dinheiro público. Enquanto isso, a economia afunda, o desemprego aumenta e a inflação corrói o salário do trabalhador", afirmou ele.

Geddel se mostrou envergonhado com os correligionários que se aliaram ao governo federal. "Essas manobras que foram feitas de cunho político após reuniões de cúpula nos últimos momentos, inclusive com integrantes do meu partido que me envergonham e me entristecem muito, elas não vão responder os anseios da sociedade, que quer desenvolvimento, seriedade, decência e unidade nacional, e isso não vai se dar em torno de Dilma. Ela mente muito, não cumpre seus compromissos", afirmou o peemedebista.

Notícias relacionadas