Política

"Não existe propina grátis", diz Sergio Moro

Durante um congresso em São Paulo, neste sábado (26), o juiz federal Sergio Moro, que é responsável pela Lava Jato em Curitiba, afirmou que os processos da operação mostraram casos em que empresários ao pagarem propinas, contavam com a influência dos corrompidos e de que seriam favorecidos logo quando surgisse uma oportunidade, uma vez que "não existe propina grátis". [Leia mais...]

[
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 26 de Agosto de 2017 ⋅ 17:59

Durante um congresso em São Paulo, neste sábado (26), o juiz federal Sergio Moro, que é responsável pela Lava Jato em Curitiba, afirmou que os processos da operação mostraram casos em que empresários ao pagarem propinas, contavam com a influência dos corrompidos e de que seriam favorecidos logo quando surgisse uma oportunidade, uma vez que "não existe propina grátis".

"Tenho a seguinte crença: assim como vale aquela frase "não existe almoço grátis", eu tenho muito claro que não existe propina grátis. Sempre se espera alguma coisa em troca", afirmou o juiz. Ele ainda disse que quando essas situações de subornos em grandes esquemas são comprovadas pode-se aplicar condenações aos beneficiados ilicitamente.

A declaração de Moro se dá em um momento em que advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que o juiz federal condenou Lula a nove e seis meses de prisão sem comprovar as situações específicas em que o pestista teria beneficiado a empreiteira OAS no esquema de corrupção na Petrobras.

Notícias relacionadas