Política

Gilmar Mendes recebe encomenda suspeita no STF e chama esquadrão antibomba

O ministro Gilmar Mendes recebeu uma encomenda suspeita em seu gabinete no Supremo Tribunal Federal e precisou chamar o esquadrão antibombas ao local. [Leia mais...]

[Gilmar Mendes recebe encomenda suspeita no STF e chama esquadrão antibomba]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 28 de Agosto de 2017 ⋅ 15:41

O ministro Gilmar Mendes recebeu uma encomenda suspeita em seu gabinete no Supremo Tribunal Federal e precisou chamar o esquadrão antibombas ao local.

De acordo com a coluna Poder do Jornal Folha de S. Paulo, o pacote tinha como destinatário o nome do coronel Joaquim Silvério dos Reis, que no final do século 18 participou da Inconfidência Mineira enquanto acumulava dívidas com a Coroa Portuguesa. Para ter as pendências perdoadas, Reis entregou ao visconde de Barbacena o que os conjurados haviam planejado, permitindo que as autoridades de Portugal derrotassem a insurreição.

A encomenda precisou passar pelo raio-x do tribunal, mas, como o pacote não foi decifrado, foi encaminhado à polícia, que enviou internamente para o grupo antibombas. Aberto sem provocar nenhum tipo de ameaça à integridade das pessoas, foi descoberto apenas um montante de moedas de pequeno valor. Não havia nenhum bilhete.

Notícias relacionadas