Política

Ministro do STF diz que país está superando "trauma do impeachment"

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso disse nesta sexta-feira (1º), durante um evento no Rio de Janeiro, que é preciso dar um fim à "onda de negatividade no Brasil". De acordo com a avaliação do magistrado, o país tem se "saído relativamente bem" da crise política. Para ele, é possível voltar "a ser uma das sensações do mundo", "superado o trauma do impeachment" da presidente Dilma Rousseff (PT), ocorrido há um ano.[Leia mais...]

[Ministro do STF diz que país está superando
Foto : Nelson Jr/SCO/STF

Por Matheus Simoni no dia 01 de Setembro de 2017 ⋅ 16:45

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso disse nesta sexta-feira (1º), durante um evento no Rio de Janeiro, que é preciso dar um fim à "onda de negatividade no Brasil". De acordo com a avaliação do magistrado, o país tem se "saído relativamente bem" da crise política. Para ele, é possível voltar "a ser uma das sensações do mundo", "superado o trauma do impeachment" da presidente Dilma Rousseff (PT), ocorrido há um ano.

"Em qualquer ângulo que se queira olhar é devastador, do ponto de vista ético, político e econômico. Mas todos os países atravessam isso. Apesar de tudo, temos nos saído relativamente bem. A situação brasileira, ruim como possa parecer, é melhor do que a dos nossos concorrentes diretos, como Rússia, Índia, China, África do Sul", declarou Barroso, em evento na aula inaugural de um curso de pós-graduação em direito e advocacia pública da Procuradoria Geral do Estado do Rio.

"O Brasil vem vivendo uma onda de negatividade que a gente precisa inverter, romper esse círculo. Não se sabe se o otimismo funciona, mas o pessimismo funciona, torna as coisas piores. Por isso tenho procurado olhar a cena brasileira para um pouco além da complexa fotografia desse momento. Temos fundadas razões para acreditar que logo ali na frente esta página estará virada e teremos dias melhores", disse o ministro.

Notícias relacionadas