Política

Joesley chama Temer de "ladrão geral da República" em resposta à nota do Planalto

O empresário da JBS Joesley Batista chamou o presidente Michel Temer de "ladrão geral da República" em resposta à nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação do Planalto, na noite desta sexta-feira (1), que classifica a delação do doleiro Lúcio Funaro como "inconsistente" e acusa os irmãos Batista de "omitirem" fatos. [Leia mais...]

[Joesley chama Temer de
Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 02 de Setembro de 2017 ⋅ 13:46

O empresário da JBS Joesley Batista chamou o presidente Michel Temer de "ladrão geral da República" em resposta à nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação do Planalto, na noite desta sexta-feira (1), que classifica a delação do doleiro Lúcio Funaro como "inconsistente" e acusa os irmãos Batista de "omitirem" fatos. Também em nota, Joesley diz que Temer envergonha o país.

"A colaboração premiada é por lei um direito que o senhor presidente da República tem por dever respeitar. Atacar os colaboradores mostra no mínimo a incapacidade do senhor Michel Temer de oferecer defesa dos crimes que comete. Michel, que se torna ladrão geral da República, envergonha todos nós brasileiros", diz o empresário.

Notícias relacionadas

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment