Política

Denunciado pela PGR, Lula diz que Janot tem "atuação atabalhoada" no fim do mandato

Após nova denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista rebateu, e afirmou, em nota divulgada em suas redes sociais, que a acusação faz parte de uma “atuação afoita e atabalhoada de disparo de denúncias nos últimos dias do seu mandato”.[Leia mais...]

[Denunciado pela PGR, Lula diz que Janot tem
Foto : Filipe Araújo/Fotos Publicas

Por Paloma Morais no dia 07 de Setembro de 2017 ⋅ 08:26

Após nova denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista rebateu, e afirmou, em nota divulgada em suas redes sociais, que a acusação faz parte de uma “atuação afoita e atabalhoada de disparo de denúncias nos últimos dias do seu mandato”. Janot acusa Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff de obstrução de justiça, no caso envolvendo a nomeação do petista como ministro da Casa Civil logo antes do afastamento de Dilma no processo de impeachment.

Na nota, Lula destacou que  a nomeação do ex-presidente Lula pela então presidenta Dilma Rousseff para a chefia de sua Casa Civil não interromperia processos legais, apenas os transferia para o Supremo Tribunal Federal.

Ele ainda diz que a denúncia trata-se de um apelo midiático “no crepúsculo do mandato” de Janot. “Essa é a denúncia apresentada pelo Procurador-Geral da República para o próprio Supremo Tribunal Federal, talvez na busca de gerar algum ruído midiático que encubra questionamentos sobre sua atuação no crepúsculo do seu mandato”, concluiu.

Confira a nota na íntegra: 

 

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado