Política

STF inicia julgamento sobre afastamento de Janot e suspensão de denúncia contra Temer; veja ao vivo

O Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou na tarde desta quarta-feira (13) o julgamento de um recurso protocolado pela defesa do presidente Michel Temer com o objetivo de declarar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como suspeito nas investigações contra o presidente no âmbito da delação da JBS.[Leia mais...]

[STF inicia julgamento sobre afastamento de Janot e suspensão de denúncia contra Temer; veja ao vivo]
Foto : Nelson Jr/SCO/STF

Por Matheus Simoni no dia 13 de Setembro de 2017 ⋅ 14:33

O Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou na tarde desta quarta-feira (13) o julgamento de um recurso protocolado pela defesa do presidente Michel Temer com o objetivo de declarar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como suspeito nas investigações contra o presidente no âmbito da delação da JBS. A sessão foi aberta por volta das 14h10 pela presidente da Corte, a ministra Cármen Lúcia.

Os ministros do STF também vão discutir o pedido de Temer para suspender uma eventual nova denúncia contra o presidente da República até que sejam esclarecidas as supostas irregularidades na colaboração premiada de executivos do grupo J&F. Nesta semana, está prevista a apresentação de mais uma denúncia por parte da Procuradoria-Geral da República.

Esta é a segunda vez que o STF julga um pedido de suspeição contra o PGR. No mês passado, o ministro Edson Fachin, relator do caso JBS no STF, rejeitou um outro pedido de suspeição de Janot formulado pela defesa do presidente Michel Temer. Na ocasião, Fachin declarou que Janot goza de \"independência funcional\" para formular acusações. Além disso, o ministro considerou que um eventual fatiamento de denúncias contra Temer \"não indica parcialidade\" por parte de Janot e não configura causa de suspeição, \"na medida em que cada apuração é marcada por amadurecimento em lapso temporal próprio\".

Confira a sessão ao vivo:

 

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment