Política

Nilo foge da imprensa após pronunciamento na Assembleia

O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Nilo (PSL) não quis responder questionamentos da imprensa após pronunciamento no plenário da Casa, na tarde desta quarta-feira (13). Durante o discurso, o parlamentar rebateu a acusação de envolvimento em qualquer crime de falsidade eleitoral vinculado à empresa Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp). [Leia mais...]

[Nilo foge da imprensa após pronunciamento na Assembleia]
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Matheus Simoni no dia 13 de Setembro de 2017 ⋅ 17:10

O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Nilo (PSL) não quis responder questionamentos da imprensa após pronunciamento no plenário da Casa, na tarde desta quarta-feira (13). Durante o discurso, o parlamentar rebateu a acusação de envolvimento em qualquer crime de falsidade eleitoral vinculado à empresa Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp).

Mais cedo, o deputado foi alvo da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Eleitoral (MPE), durante a Operação Opinião, pela manhã. Após o encerramento da sessão por falta de quórum, Nilo tratou de sair pela porta dos fundos da Assembleia e acabou dando \"1 a 0\" nos jornalistas que aguardavam para uma entrevista coletiva.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...