Política

Cunha diz ter "plenas condições" de presidir a Câmara se compara a Renan

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou na última sexta-feira (21) que possui plenas condições de presidir a Casa e comparou sua situação com o atual presidente do Senado e correligionário, Renan Calheiros (PMDB-AL). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Senado/Câmara

Por Matheus Simoni no dia 22 de Agosto de 2015 ⋅ 10:31

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou na última sexta-feira (21) que possui plenas condições de presidir a Casa e comparou sua situação com o atual presidente do Senado e correligionário, Renan Calheiros (PMDB-AL). Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Cunha se comparou ao senador, acusado em 2013 de falsidade ideológica e suposta prática de peculato. Atualmente, Renan também é investigado na Operação Lava Jato. "Ninguém cobra a saída do Renan. Tem uma denúncia proposta pelo Supremo Tribunal Federal há dois anos e meio e até hoje não foi decidida. E eu acho que ele tem total condição de presidir o Senado'', disse Cunha.

A acusação de 2013 contra Renan trata de suspeitas de que uma empreiteira pagava pensão a uma filha que ele teve fora do casamento com a jornalista Mônica Veloso. O caso ainda tramita Supremo Tribunal Federal (STF) sob segredo de Justiça, sem decisão. Cunha foi denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter supostamente recebido US$ 5 milhões em propinas.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment