Política

Raquel Dodge dá 30 dias para saída da atual equipe da Lava Jato na PGR, diz revista

A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidiu dar um prazo de 30 dias para a saída da atual equipe da Lava Jato na PGR, nomeada por seu antecessor e adversário Rodrigo Janot. A informação foi divulgada pela revista Época, que teve acesso à minuta da portaria a ser publicada por Dodge após sua posse, na próxima segunda-feira (18). [Leia mais...]

[Raquel Dodge dá 30 dias para saída da atual equipe da Lava Jato na PGR, diz revista]
Foto : Lula Marques / AGPT

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2017 ⋅ 18:50

A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidiu dar um prazo de 30 dias para a saída da atual equipe da Lava Jato na PGR, nomeada por seu antecessor e adversário Rodrigo Janot. A informação foi divulgada pela revista Época, que teve acesso à minuta da portaria a ser publicada por Dodge após sua posse, na próxima segunda-feira (18).

A nova procuradora-geral vai estabelecer que os principais nomes da atual equipe formem um gabinete de transição, que deve durar 30 dias, para passar as informações à nova equipe. Neste grupo temporário estarão o atual coordenador do Grupo de Trabalho (GT), o promotor Sérgio Bruno, o promotor Wilton Queiroz e os procuradores Fernando Alencar, Melina Montoya e Rodrigo Telles.

Ainda segundo a publicação, a portaria causou desconforto no atual GT da Lava Jato, já que alguns investigadores negociavam a permanência. Raquel Dodge havia anunciado publicamente que todos os integrantes da equipe de Janot estavam convidados a permanecer na Lava Jato. A notícia da portaria foi vista por procuradores como um descumprimento dessa promessa.

Notícias relacionadas