Política

Ministro do STF diz que Raquel Dodge tem que assumir PGR sem \"dever favores\"

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso disse nesta segunda-feira (18) que a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deverá seguir “a melhor tradição\" do Ministério Público Federal e assumir o cargo sem \"dever favores\" a ninguém. [Leia mais...]

[Ministro do STF diz que Raquel Dodge tem que assumir PGR sem \
Foto : Nelson Jr/SCO/STF

Por Matheus Simoni no dia 18 de Setembro de 2017 ⋅ 16:56

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso disse nesta segunda-feira (18) que a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deverá seguir “a melhor tradição\" do Ministério Público Federal e assumir o cargo sem \"dever favores\" a ninguém. Indicada pelo presidente Michel Temer ao cargo, quebrando uma tradição iniciada em 2003 de se dar preferência ao primeiro de uma lista tríplice elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Dodge ficou em segundo lugar, com 587 votos. O preferido para assumir o cargo foi o subprocurador Nicolao Dino, aliado de Janot, que encabeçou a lista com 621 votos.

\"Eu acho que a dra. Raquel tem uma história de vida e as pessoas quando chegam a essas posições, elas vivem para a sua própria biografia. Elas não vivem para prestar favores. Acho que quem é alçado para um cargo desse, é claro que pode ter reconhecimento para autoridade que a nomeou, mas o compromisso é com o País e não com a autoridade. Essa coisa patrimonialista, de ficar devendo favor, não existe dentro de uma democracia, dentro de um espaço público. A gente faz o que tem de fazer\", declarou o ministro, citando o escritor russo Liev Tolstoi. \"Há uma passagem do Tolstoi que ele diz, dos generais dele, que ele diz, não importa como você chega aqui, o importante é o que você vai fazer daqui pra frente. Portanto, eu acho, que ela seguirá a melhor tradição do Ministério Público e ninguém deve favor quando chega num cargo desse\", completou o ministro.

Raquel Dodge tomou posse nesta segunda-feira, em cerimônia que contou com a presença de integrantes do Ministério Público, magistrados e políticos. Prestigiaram a solenidade os chefes dos Três Poderes: o presidente da República, Michel Temer, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Notícias relacionadas

[Ex-PGR Rodrigo Janot é alvo de ataque hacker]
Política

Ex-PGR Rodrigo Janot é alvo de ataque hacker

Por Matheus Simoni no dia 25 de Abril de 2019 ⋅ 09:00 em Política

Ele foi responsável por denunciar políticos de grande escalão, incluindo os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Michel Temer e o ex-presidente da Câmara Eduardo Cun...