Política

CPI convida ministro a explicar uso da Lei Rouanet para mostra Queermuseu

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada no Senado para investigar maus-tratos a crianças e a adolescentes aprovou nesta terça-feira (19) um convite para que o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, explique a destinação de recursos da Lei Rouanet para a exposição \"Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira\" [Leia mais...]

[CPI convida ministro a explicar uso da Lei Rouanet para mostra Queermuseu]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 19 de Setembro de 2017 ⋅ 19:21

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada no Senado para investigar maus-tratos a crianças e a adolescentes aprovou nesta terça-feira (19) um convite para que o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, explique a destinação de recursos da Lei Rouanet para a exposição \"Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira\". Por ser um convite, o ministro pode ou não comparecer.

A solicitação para Sá Leitão foi apresentada pelo senador Magno Malta (PR-ES), que é presidente da CPI e agora a comissão precisa agendar uma data para a audiência com Sérgio Sá Leitão.

A exposição Queermuseu, realizada no Santander Cultural de Porto Alegre (RS), teve início no dia 15 de agosto. A mostra ficaria em exibição até 8 de outubro, mas foi encerrada em 10 de setembro por causa de grande repercussão.

\"Crianças que frequentaram o evento foram expostas a imagens não recomendas para as idades. Algumas das obras e imagens a que as crianças tiveram acesso podem ser até classificadas como criminosas a exemplo das que retratavam a prática da zoofilia e da pedofilia\", defendeu Magno Malta.

Notícias relacionadas