Política

Joceval defende reajuste tributário e diz que planta de valores de Salvador tinha ʹteias de aranhaʹ

Rebatendo as críticas do vereador Edvaldo Brito (PSD) sobre o reajuste no IPTU, proposta feita pela prefeitura de Salvador em 2013, o também parlamentar Joceval Rodrigues (PPS) afirmou que o projeto de mudanças apresentado pelo prefeito ACM Neto (DEM) ʹnecessárioʹ para manter a ʹausteridadeʹ na gestão da capital baiana.

[Joceval defende reajuste tributário e diz que planta de valores de Salvador tinha ʹteias de aranhaʹ]
Foto : Antonio Queirós / Câmara Municipal de Salvador

Por Laura Lorenzo no dia 26 de Setembro de 2017 ⋅ 16:27

Rebatendo as críticas do vereador Edvaldo Brito (PSD) sobre o reajuste no IPTU, proposta feita pela prefeitura de Salvador em 2013, o também parlamentar Joceval Rodrigues (PPS) afirmou nesta terça-feira (26), durante sessão na Câmara, que o projeto de mudanças apresentado pelo prefeito ACM Neto (DEM) é ʹnecessárioʹ para manter a ʹausteridadeʹ na gestão da capital baiana.

"Salvador está em 17º lugar em arrecadação per capita. Vem melhorando a arrecadação, mas de longe não chega ao ideal. Per capitamente falando, nós estamos atrasados. Precisamos de civilidade para fazer alterações cabíveis, é necessário", disse o vereador.

Defendendo o prefeito, Joceval afirmou que o reajuste é a atualização de uma planta genérica de valores que está ʹatrasada a décadasʹ. "O prefeito tem dinheiro em caixa, e com isso não poderia parar, se acomodar pela austeridade que o levou a ter recurso em caixa. Essa cidade precisa de muito mais, mais saúde, educação. Uma cidade que é a terceira em população [na verdade a quarta, segundo o IBGE] e é per capitamente uma tragédia. Não podemos ter uma planta genérica de valores que ficou décadas sem ser modificada, atualizada. Uma cidade onde a planta valores ficou praticamente com teia de aranha", afirmou o parlamentar.

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado