Política

Projeto do IPTU será votado "artigo a artigo" na Câmara, diz Leo Prates

Em meio às polêmicas envolvendo o reajuste do IPTU, proposta feita pela prefeitura de Salvador em 2013 e que terá sua constitucionalidade julgada pelo Tribunal de Justiça em outubro, o presidente da Câmara Municipal, vereador Leo Prates (DEM), informou que chegou a uma conclusão com a oposição e o projeto será votado artigo a artigo na sessão desta quarta-feira (27). [Leia mais...]

[Projeto do IPTU será votado
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Laura Lorenzo e Matheus Morais no dia 27 de Setembro de 2017 ⋅ 16:43

Em meio às polêmicas envolvendo o reajuste do IPTU, proposta feita pela prefeitura de Salvador em 2013 e que terá sua constitucionalidade julgada pelo Tribunal de Justiça da Bahia em outubro, o presidente da Câmara Municipal, vereador Leo Prates (DEM), informou que chegou a uma conclusão com a oposição e o projeto será votado artigo a artigo na sessão desta quarta-feira (27).

"Deu para votar com a oposição. Os técnicos da Sefaz [Secretaria da Fazenda da Bahia] estão aqui, nós vamos apresentar a emenda suprimindo alguns artigos para votar em outubro, e vamos fazer a discussão global e a votação artigo a artigo. A discussão que houve é se as emendas, como há emendas supressivas, deveriam ser [votadas] antes ou depois do projeto. A dúvida era: como vou suprimir um artigo que ainda não foi aprovado? Como a gente vai votar artigo a artigo surgiu essa dúvida, mas o plenário entendeu, junto com o professor Edvaldo Brito, que deveria ser votado primeiro as emendas", disse o parlamentar em entrevista ao Metro1.

Ainda de acordo com o presidente do Legislativo, na sessão desta quarta o projeto do IPTU será a primeira pauta a ser tratada.

Notícias relacionadas

[ Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens]
Política

Pacote de Moro propõe ampliar confisco de bens

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:40 em Política

Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), as mudanças na legislação visam a fortalecer o combate à corrupção e ao crime organizado