Política

Fachin autoriza que defesa de Temer tenha acesso à delação de Funaro

Relator do inquérito do ‘Quadrilhão do PMDB, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin concedeu ao novo advogado do presidente Michel Temer, Eduardo Carnelós, acesso aos anexos da delação do doleiro Lúcio Funaro que mencionam o peemedebista. [Leia mais...]

[Fachin autoriza que defesa de Temer tenha acesso à delação de Funaro]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 27 de Setembro de 2017 ⋅ 19:45

Relator do inquérito do ‘Quadrilhão do PMDB, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin concedeu ao novo advogado do presidente Michel Temer, Eduardo Carnelós, acesso aos anexos da delação do doleiro Lúcio Funaro que mencionam o peemedebista.

“Defiro, desde logo, o pedido de cópia integral destes autos e dos eventuais apensos ao novo defensor do denunciado Michel Miguel Elias Temer Lulia”, escreveu Fachin na decisão. No entendimento do ministro, ‘é direito do denunciado o acesso a todos os elementos que a ele façam referência’.

A delação de Funaro é uma das 22 que fazem parte da base do relatório da Polícia Federal que atribui ao peemedebista a posição de liderança do suposto ‘Quadrilhão do PMDB’ na Câmara. O documento embasa a denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Temer. Na acusação, constam as palavras e elementos de colaboração de 37 delatores.

Notícias relacionadas

[Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares]
Política

Governo prepara MP para recadastrar armas irregulares

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, negou que a medida seja uma forma de anistia: "No governo do PT ninguém nunca chamou de anistia, por que vai chamar no governo do...

[Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna]
Política

Decreto da arma ignorou sete sugestões de Moro, diz coluna

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:49 em Política

A sugestão de Moro era mais restritiva: previa a posse para duas armas, e não quatro; não prolongava automaticamente registros já concedidos para dez anos e exigia a comp...

[Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS]
Política

Senador Fernando Collor anuncia filiação ao PROS

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Política

Eleito em 1989 presidente da República, o primeiro eleito pelo voto popular após a ditadura militar, Collor comandou o país entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment