Política

\"Não vou me envolver\", diz Neto sobre situação do PMDB com prisão de Geddel

O prefeito ACM Neto (DEM) evitou comentar, na manhã desta sexta-feira (29), a atual situação do PMDB na Bahia com a prisão de Geddel Vieira Lima. Apesar de ter Bruno Reis (PMDB) como vice-prefeito, o democrata afirmou que não vai se envolver nas questões do partido. [Leia mais...]

[\
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 29 de Setembro de 2017 ⋅ 11:37

O prefeito ACM Neto (DEM) evitou comentar, na manhã desta sexta-feira (29), a atual situação do PMDB na Bahia com a prisão de Geddel Vieira Lima. Apesar de ter Bruno Reis (PMDB) como vice-prefeito, o democrata afirmou que não vai se envolver nas questões do partido. A declaração foi dada antes da assinatura de uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC) e a Prefeitura da capital baiana, no Hotel Sheraton.

\"Não vou me envolver. Tenho conversado com lideranças do PMDB, como converso com todas. Cabe ao PMDB decidir. Vou apenas aguardar. Depois que buscar seus caminhos, a gente avalia qual é a condição política do partido, uma eventual aliança, mas não me cabe. Eu posso falar pelo Democratas\", declarou.

Leia também:

Bruno Reis diz que saída do PMDB é especulação: \"Trabalho pela reconstrução do partido\"

Notícias relacionadas