Política

Marcelo Nilo barra “CPI da Wagareza” na Assembleia e frustra oposição

Uma Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) proposta pelo deputado estadual Luciano Simões Filho (PMDB) em parceria com a bancada oposicionista da Assembleia Legislativa da Bahia, foi barrada pelo presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT) nesta segunda-feira (24). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 24 de Agosto de 2015 ⋅ 17:06

Uma Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) proposta pelo deputado estadual Luciano Simões Filho (PMDB) em parceria com a bancada oposicionista da Assembleia Legislativa da Bahia, foi barrada pelo presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT) nesta segunda-feira (24). A CPI pretendia investigar 193 obras paralisadas na Bahia, iniciadas no governo de Jaques Wagner. Apelidada de ‘CPI da Wagareza’, o colegiado iria se debruçar nas motivações dos atrasos das obras, do destino dos recursos e a falta de pagamentos às empresas.

Os oposicionistas bem que conseguiram as 21 assinaturas necessárias para a abertura da CPI, mas a decisão só sairia depois do parecer jurídico da presidência da Assembleia. Contudo, Marcelo Nilo negou sob o argumento de que “não existe fato determinado”.

Notícias relacionadas