Política

Ministro da Justiça diz que redução da maioridade seria um "erro histórico"

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, publicou nesta quinta-feira (27) no Facebook, em resposta a um internauta que participou, enviando uma pergunta pelo Dialoga Brasil, seu posicionamento a respeito da redução da maioridade penal quem vem sendo discutida no Congresso. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 27 de Agosto de 2015 ⋅ 18:45

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, publicou nesta quinta-feira (27) no Facebook, em resposta a um internauta que participou, enviando uma pergunta pelo Dialoga Brasil, seu posicionamento a respeito da redução da maioridade penal quem vem sendo discutida no Congresso. "Se o Brasil seguir o caminho da redução, cometeremos um erro histórico sem perdão no futuro", afirmou o ministro. Cardozo afirmou que "colocar jovens sob o Código Penal será um equívoco gravíssimo".

Ainda segundo o ministro, a redução da maioridade reduzirá as possibilidades de ressocialização dos jovens infratores. "Todos sabem que o Sistema Penitenciário Brasileiro é uma verdadeira escola de criminalidade. Pessoas que praticam delitos, às vezes até graves, entram nessas unidades como delinquentes isolados, mas saem como membros de organizações criminosas com periculosidade social muito maior. A redução amplia o universo das organizações criminosas e são responsáveis por parte da violência que vivemos", declarou.

 

Notícias relacionadas