Política

Padilha e Sarney indicaram novo diretor da PF, diz coluna

A troca de comando na Polícia Federal, anunciada nesta quarta-feira (8), pelo presidente Michel Temer, atendeu a pedidos de membros do alto escalão do PMDB. A informação foi divulgada pela colunista Andreza Matais, do jornal Estado de S. Paulo. Com a saída de Leandro Daiello, que estava no cargo desde 2011 e manifestado desejo de deixar a diretoria-geral da PF, o delegado Fernando Segóvia assume o posto. [Leia mais...]

[Padilha e Sarney indicaram novo diretor da PF, diz coluna]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 08 de Novembro de 2017 ⋅ 16:14

A troca de comando na Polícia Federal, anunciada nesta quarta-feira (8), pelo presidente Michel Temer, atendeu a pedidos de membros do alto escalão do PMDB. A informação foi divulgada pela colunista Andreza Matais, do jornal Estado de S. Paulo. Com a saída de Leandro Daiello, que estava no cargo desde 2011 e havia manifestado desejo de deixar a diretoria-geral da PF, o delegado Fernando Segóvia assume o posto. Segundo a colunista, ele foi conduzido ao cargo por indicação de que ele não teria a mesma conduta da atual cúpula da PF, além de ter bom trâmite no Congresso.

Segóvia foi indicado a Temer pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que é investigado na Operação Lava Jato. O novo comandante-geral também é próximo do ex-senador José Sarney. Fernando Segóvia foi superintendente da PF no Maranhão e também tem boas relações com o ministro do TCU Augusto Nardes, que o apresentou a Padilha, ainda de acordo com a colunista.

Notícias relacionadas