Política

‘Não faço a menor ideia’, diz Maia sobre votos pró-reforma da Previdência

Maia defendeu ainda que a mudança no sistema previdenciário irá equiparar os brasileiros mais pobres e os mais ricos. “O importante é a gente convencer a população de que os que ganham R$ 30 mil se aposentam com 55 anos. A maioria pobre se aposenta com 65 anos. Queremos igualdade de direitos”, disse.[Leia mais...]

[‘Não faço a menor ideia’, diz Maia sobre votos pró-reforma da Previdência ]
Foto : Matheus Morais/Metro1

Por Alexandre Galvão e Matheus Morais no dia 13 de Fevereiro de 2018 ⋅ 16:38

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou não ter a “menor ideia” de quantos votos o governo tem a ser favor na reforma da Previdência. A afirmação foi feita nesta terça-feira (13), em coletiva no Carnaval de Salvador.

“Está na hora de cada um assumir sua responsabilidade. Não faço a menor ideia de quantos vocês tem”, esquivou-se.

Maia defendeu ainda que a mudança no sistema previdenciário irá equiparar os brasileiros mais pobres e os mais ricos. “O importante é a gente convencer a população de que os que ganham R$ 30 mil se aposentam com 55 anos. A maioria pobre se aposenta com 65 anos. Queremos igualdade de direitos”, disse.

Ao lado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e do prefeito de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), Maia disse que a Câmara planeja homenagear o ex-deputado Luis Eduardo Magalhães. “A Câmara precisa fazer na Bahia uma homenagem a um político que se não tivesse ido embora, o Brasil hoje seria melhor”, disse, ao lembrar da morte do político baiano.

Comentarios

Notícias relacionadas