Política

PF foi ao Planalto buscar informações de e-mail de ex-deputado da mala da JBS

De acordo com o blog de Andréia Sadi, no site G1, assessores de Temer informaram que a PF notificou uma secretaria do Planalto com o pedido de acesso ao computador de Rocha Loures

[PF foi ao Planalto buscar informações de e-mail de ex-deputado da mala da JBS]
Foto : Brizza Cavalcante/Agência Câmara

Por Clara Rellstab no dia 13 de Março de 2018 ⋅ 15:00

A Polícia Federal (PF) esteve no Palácio do Planalto na semana passada em busca de informações do e-mail usado por Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado e ex-assessor do presidente Michel Temer (MDB) – também conhecido como “o homem da mala” da JBS.

De acordo com o blog de Andréia Sadi, do site G1, assessores do emedebista informaram que a PF notificou uma secretária do Planalto com o pedido de acesso ao computador de Rocha Loures, que despachava do terceiro andar que, por acaso, fica no mesmo pavimento do gabinete presidencial.

Por isso, afirma a colunista, governo não se surpreendeu com a notícia divulgada ontem de que o ministro Luís Roberto Barroso solicitou a quebra de sigilo do telefone, e-mails e mensagens de Loures.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Bolsonaro decide fugir de debates na TV no primeiro turno]
PolíticaELEIÇÕES 2018

Bolsonaro decide fugir de debates na TV no primeiro turno

Por Metro1 no dia 22 de Junho de 2018 ⋅ 20:00 em Política

Sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa pelo Palácio do Planalto, o deputado federal tem liderado todas as pesquisas de intenção de votos.

[Fachin arquiva pedido de liberdade de Lula]
Política

Fachin arquiva pedido de liberdade de Lula

Por Metro1 no dia 22 de Junho de 2018 ⋅ 19:31 em Política

"Verifico a inadmissão superveniente do aludido recurso excepcional, providência que acarreta a alteração do quadro processual", justificou ministro do STF

[Justiça homologa delação de Antonio Palocci]
Política

Justiça homologa delação de Antonio Palocci

Por Metro1 no dia 22 de Junho de 2018 ⋅ 17:40 em Política

Ex-ministro foi condenado pelo juiz Sergio Moro em junho do ano passado a 12 anos de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva