Política

Banco Central bloqueia R$ 864 mil de Delfim Netto

O Banco Central do Brasil (Bacen) anunciou hoje o bloqueio de R$ 864 mil de contas particulares e de empresas do ex-ministro Antônio Delfim Netto. A decisão ocorre após o bloqueio determinado pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, de R$ 4,4 milhões. [Leia mais...]

[Banco Central bloqueia R$ 864 mil de Delfim Netto]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 13 de Março de 2018 ⋅ 17:20

O Banco Central do Brasil (Bacen) anunciou hoje o bloqueio de R$ 864 mil de contas particulares e de empresas do ex-ministro Antônio Delfim Netto. A decisão ocorre após o bloqueio determinado pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, de R$ 4,4 milhões.

Segundo o Bacen, o cumprimento da ordem ocorreu de forma parcial por conta de insuficiência de saldo. O valor determinado por Moro é referente a uma parte da propina total de R$ 15 milhões, que teria sido destinada a Delfim nas obras da usina de Belo Monte. O ex-ministro foi alvo da 49ª fase da Lava Jato, batizada de Buona Fortuna, deflagrada na semana passada.

Comentarios

Notícias relacionadas