Política

Mídia ‘potencializa deslizes de governo popular’, justifica presidente do PT

Ainda de acordo com a petista, o país está dividido sobre a prisão do ex-presidente Lula por conta da cobertura jornalística. “O Lula sofreu pela grande mídia um processo de desconstrução, a Rede Globo entra todos os dias nas casas das pessoas dizendo que o ex-presidente Lula é culpado, que ele é ladrão. Uma mentira repetida muitas vezes acaba se tornando uma verdade na cabeça do cidadão. Esse é um jornalismo acusatório, infelizmente a gente trabalha com essa situação”. [Leia mais...]

[Mídia ‘potencializa deslizes de governo popular’, justifica presidente do PT ]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Alexandre Galvão e Matheus Morais no dia 16 de Abril de 2018 ⋅ 08:32

Presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann despejou críticas à imprensa durante entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, hoje (16). De acordo com ela, “nos governos populares há uma intensificação das denúncia pela mídia”.

“A elite é conivente com corrupção em governos que sejam das classes dela. Quando tem um deslize em um governo popular, isso é potencializado. o governo do Lula foi o que mais fez para combater a corrupção”, justificou.

Ainda de acordo com a petista, o país está dividido sobre a prisão do ex-presidente Lula por causa da cobertura jornalística. “O Lula sofreu pela grande mídia um processo de desconstrução. A Rede Globo entra todos os dias nas casas das pessoas dizendo que o ex-presidente Lula é culpado, que ele é ladrão. Uma mentira repetida muitas vezes acaba se tornando uma verdade na cabeça do cidadão. Esse é um jornalismo acusatório. Infelizmente, a gente trabalha com essa situação”.

A senadora disse esperar que, esta semana, o STF (Supremo Tribunal Federal) devolva a liberdade ao ex-presidente. “Esse julgamento de quarta a gente espera que traga a liberdade do Lula, o entendimento da Constituição. O Elio Gaspari tem razão de dizer que o Lula está em uma solitária. Ele está em boas instalações, ele teria direito a essa sala, ele está bem, não podemos reclamar. Só quem está autorizado a visitar são os advogados e os familiares. Os amigos não estão podendo visitar. Nós já fizemos várias petições e preciso falar com o Lula, eu sou porta-voz dele, ele pediu que eu fosse porta-voz dele”, anunciou.

Comentarios

Notícias relacionadas