Política

Deputado alfineta presidente: "Tem medo de panelaço, não fala com a população"

Durante entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (01), o deputado federal Lúcio Vieira Lima, falou sobre a impopularidade do governo Dilma e do PT e a tentativa de melhorar a articulação política do governo. "Não funciona como deveria funcionar. Eu não enxergo a coordenação política como se está fazendo. Não é apenas nomear alguém para ter o voto da Câmara em troca. Você precisa fazer articulação, conversar com lideranças, para aperfeiçoá-la e poder votar medidas para o país, afirmou o deputado. Sem papas na língua, o peemedebista disse que Dilma Roussef está fugindo da população. "A presidente está totalmente escondida. [Ela passeou de bicicleta] de burca. Tem medo de panelaço, não fala mais com a população. A presidente é refém dela mesma. Ela nem defende o governo das acusações, nem faz agenda positiva. A tendência é a aversão ao PT aumentar ainda mais por conta da falta de reação. Quando você não reage, tende a crescer mais. É aquela coisa do quem cala consente".

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Milene Rios no dia 01 de Junho de 2015 ⋅ 08:22

Durante entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (01), o deputado federal, Lúcio Vieira Lima, falou sobre a impopularidade do governo dilma e do PT e a tentativa de melhorar a articulação política do governo. 

"Não funciona como deveria funcionar. Eu nao enxergo a coordenação polticia como se está fazendo. Não é apenas nomear alguém para ter o voto da Câmara em troca. Você precisa fazer articulação, conversar com lideranças, para aperfeiçoá-la e poder votar medidas para o país"

Sem papas na língua, o peemedebista disse que Dilma Roussef está fugindo da população. "A presidente está totalmente escondida. [Ela passeou de bicicleta] de burca. Tem medo de panelaço, nao fala mais com a pouplação. A presidente é refém dela mesma. Ela nem defende o governo das acusações, nem faz agenda positivia. A tendência é a aversão ao PT aumentar ainda mais por conta da falta de reação. Quando você não reage, tende a crescer mais. É aquela coisa do quem cala consente".

Comentarios

Notícias relacionadas

[PT articula para fechar aliança nacional com Pros]
PolíticaELEIÇÕES 2018

PT articula para fechar aliança nacional com Pros

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 23 de Julho de 2018 ⋅ 06:28 em Política

Partido apoiou Dilma Rousseff em 2014 e reivindica, desta vez, suporte para ampliar a bancada na Câmara dos Deputados