Política

Após ter denúncia rejeitada pelo STF, Ferraz se diz ‘feliz’ e deseja sorte aos Vieira Lima

Ex-diretor da Codesal revelou ainda ter deixado o MDB, mas disse que vai fazer campanha este ano

[Após ter denúncia rejeitada pelo STF, Ferraz se diz ‘feliz’ e deseja sorte aos Vieira Lima]
Foto : Divulgação/Codesal

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Maio de 2018 ⋅ 07:20

Arrolado na investigação do bunker atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, o ex-chefe da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz, disse estar “muito feliz” por não ter virado réu na ação. Ontem (8), por unanimidade, o STF rejeitou a inclusão dele no processo.

“Estou muito feliz. Tenho uma vida limpa e agora vou seguir em frente. Independentemente de ocupar função pública ou não, sou militante político. Sabia que logo as coisas iriam se ajeitar, pois todos os lugares que passei minhas contas foram aprovadas”, afirmou, ao Metro1, ao pontuar que vai fazer campanha este ano.

Ferraz revelou ainda ter deixado o MDB e disse desejar sorte à família Vieira Lima, que se tornou réu no processo. “Desejo sorte para eles, que consigam se defender. Espero que a Justiça também seja feita. Se tiverem que pagar, que paguem. O Geddel já está pagando”, constatou.

Notícias relacionadas