Política

Ex-braço direito de Geddel e Cunha pede demissão do Planalto

Assumirá a vaga de Ivani Carlos Henrique Sobral, que também trabalhou com Eduardo Cunha na Câmara

[Ex-braço direito de Geddel e Cunha pede demissão do Planalto]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 10 de Maio de 2018 ⋅ 13:20

Ivani dos Santos, ex-braço direito de Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha (MDB), pediu demissão do governo federal hoje (10). De acordo com o G1, ela estava na Secretaria-Geral antes mesmo de Carlos Marun, atual titular da pasta, e de Antonio Imbassahy, ex-ministro. Ela era braço direito de Geddel, ex-ministro que está preso, e também foi braço direito de Eduardo Cunha quando ele foi líder do PMDB.

Além de Geddel e Cunha, Ivani foi nome de confiança de Henrique Eduardo Alves, ex-ministro do governo Dilma e Temer, que também está preso em decorrência dos desdobramentos da Operação Lava Jato. A exoneração de Ivani consta como "a pedido" no Diário Oficial da União.

Assumirá a vaga Carlos Henrique Sobral, que também trabalhou com Eduardo Cunha na Câmara. Sobral foi assessor especial de Cunha e está no ministério desde a gestão de Geddel.

Notícias relacionadas