Política

Moro determina abertura de inquérito contra ex-governador do Paraná

As ações foram enviadas pra o juiz e para a Justiça Eleitoral do Paraná pelo Ministro Og Fernandes, do STF (Superior Tribunal de Justiça), no dia 26 de abril

[Moro determina abertura de inquérito contra ex-governador do Paraná]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 12 de Maio de 2018 ⋅ 18:00

Ao assumir as investigações sobre o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB-PR), o juiz Sérgio Moro determinou que a Polícia Federal (PF) abra um inquérito contra o ex-dirigente para apurar o suposto favorecimento à Odebrecht na licitação da PR-323, no noroeste do Paraná. No despacho, o magistrado deu prazo de 30 dias para que a PF e o MPF (Ministério Público Federal) deêm continuidade às investigações.

As ações foram enviadas pra o juiz e para a Justiça Eleitoral do Paraná pelo Ministro Og Fernandes, do STF (Superior Tribunal de Justiça), no dia 26 de abril. O envio foi feito depois de Beto Richa ter deixado o cargo de governador para disputar o Senado e, assim, perder o foro privilegiado no STJ. O ex-governador foi citado nas delações premiadas do executivo da Odebrecht na região Sul, Valter Lana, e do ex-presidente do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, Benedicto Júnior, divulgadas no ano passado.

Notícias relacionadas

[Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia]
Política

Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia

Por Juliana Almirante no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 07:26 em Política

“Um Memorial da Anistia seria algo como o Memorial do Esquecimento”, diz o texto enviado pelo ministério ao MPF, que questionou cancelamento de obra