Política

Lulista, pastor quer criar 'bancada evangélica do bem'

O alinhamento a causas da esquerda não é incondicional. Ariovaldo acha que a comunidade LGBTQ “deve ser respeitada em suas escolhas, mas não tem direito de influenciar a teologia”

[Lulista, pastor quer criar 'bancada evangélica do bem']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 17 de Maio de 2018 ⋅ 12:40

O pastor evangélico Ariovaldo Ramos quer criar uma bancada "evangélica do bem". De acordo coma Folha, ele é membro da Igreja Comunidade Cristã Reformada e é hoje uma das grandes vozes à esquerda dentro da religião e líder da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito – que, segundo ele, está em 20 estados e agrega mais de 10 mil membros.

A representação evangélica em Brasília, na opinião dele, está mais interessada em “impor o moralismo fundamentalista sobre a nação, fazer uma ruptura com o Estado laico”, do que pregar os ensinamentos de Jesus.

Um dos canais que o religioso usa para se manifestar é o Mídia Ninja. Para o projeto alinhado à esquerda escreveu a coluna “Pobre Elite Branca”, crítica a um artigo de 2013 de Ives Gandra da Silva Martins.

O alinhamento a causas da esquerda não é incondicional. Ariovaldo acha que a comunidade LGBTQ “deve ser respeitada em suas escolhas, mas não tem direito de influenciar a teologia”, que é “muito clara ao dizer que há dois gêneros”, masculino e feminino.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo