Política

Lídice nega ‘aproximação intensa’ do PSB com PDT de Ciro Gomes

Sobre a chapa majoritária para o governo da Bahia, a senadora afirmou que está “na hora de chegar a uma conclusão”

[Lídice nega ‘aproximação intensa’ do PSB com PDT de Ciro Gomes]
Foto : Alexandre Galvão/Metropress

Por Rodrigo Daniel Silva/Alexandre Galvão no dia 21 de Maio de 2018 ⋅ 09:55

Presidente do PSB da Bahia e integrante da Executiva nacional do partido, a senadora Lídice da Mata negou, na manhã de hoje (21), que a sigla está mais próxima do PDT, cujo candidato a presidente da República é o ex-ministro Ciro Gomes, do que com outras agremiações.

Ao Metro1, a socialista afirmou que a sigla já discutiu a sucessão presidencial com PT e tem mais duas conversas marcadas com outros partidos de centro-esquerda.

“Na verdade, o partido não tem uma aproximação tão mais intensa com o PDT do que com outras legendas. […] O PSB não tem uma candidutara natural no partido, e a tarefa é essa: conversar com todos para ver qual a candidatura dentro do campo de centro-esquerda que mais pode contribuir para o PSB e que pode incorporar o programa do PSB”, afirmou Lídice, durante a inaguração da ampliação do Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié.

Sobre a chapa majoritária para o governo da Bahia, a senadora afirmou que está “na hora de chegar a uma conclusão”. Lídice disputa com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), uma vaga na composição governista.

Notícias relacionadas