Política

Caminhoneiros autônomos se dizem satisfeitos com nova proposta de Temer

"Saiu no 'Diário Oficial', a nossa recomendação é que aceitem [as propostas e liberem as estradas]", afirmou Carlos Alberto Litti Dahmer, presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac)

[Caminhoneiros autônomos se dizem satisfeitos com nova proposta de Temer ]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 28 de Maio de 2018 ⋅ 08:00

Representantes de caminhoneiros autônomos afirmaram que aprovam as medidas para a categoria anunciadas ontem (27) pelo presidente Michel Temer (MDB).
Com a nova proposta, detalhada pelo emedebista durante pronunciamento, o governo espera encerrar a greve, que chegou ao sétimo dia.

"Saiu no 'Diário Oficial', a nossa recomendação é que aceitem [as propostas e liberem as estradas]", afirmou Carlos Alberto Litti Dahmer, presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac).

Entre as medidas está a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios – a redução custará R$ 10 bilhões ao governo.

Notícias relacionadas