Política

Toffoli afasta promotor que investiga Aécio Neves em Minas

Na semana passada, o promotor havia reaberto o inquérito que investiga o uso de dinheiro público na construção do aeroporto de Cláudio (MG)

[Toffoli afasta promotor que investiga Aécio Neves em Minas]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 14 de Setembro de 2018 ⋅ 18:20

O promotor Eduardo Nepomuceno de Sousa, da 17ª Promotoria de Justiça de Belo Horizonte, foi afastado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Eleitoral) Dias Toffoli, em decisão tomada na quinta-feira (12).

Nepomuceno investiga crimes contra o patrimônio público e é o responsável pela apuração de suspeitas de fraudes no governo de Aécio Neves.

Na semana passada, o promotor havia reaberto o inquérito que investiga o uso de dinheiro público na construção do aeroporto de Cláudio (MG), em 2010, em uma área que pertencia a parentes do então governador de Minas.

O afastamento atende a um recurso da União que questiona a anulação pela Justiça Federal de Belo Horizonte, em abril deste ano, de um ato do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) que, em março de 2017, removeu compulsoriamente o promotor.

Notícias relacionadas