Política

Doria fecha acordo de R$ 40 mil para encerrar processo de ex-empregada

A empregada doméstica Josefa dos Santos, que trabalhou durante doze anos na residência do tucano, alegava ter sido demitida durante o período de suspensão do contrato

[Doria fecha acordo de R$ 40 mil para encerrar processo de ex-empregada]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Setembro de 2018 ⋅ 19:00

Candidato ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB) fechou acordo no valor de R$ 40 mil para pôr fim ao processo movido por sua ex-empregada doméstica na Justiça do Trabalho.

O acordo foi homologado pelo juiz Walter Rosati Vegas Junior, da 53ª Vara do Trabalho de São Paulo, na última semana. O valor, que já foi pago, se subdivide, segundo a defesa de Doria, em: R$ 27.800 de danos morais e outros R$ 12.200 de indenização de estabilidade provisória.

A empregada doméstica Josefa dos Santos, que trabalhou durante doze anos na residência de Doria, alegava ter sido demitida durante o período de suspensão do contrato de trabalho em razão de afastamento médico.

De acordo com o Jota, na reclamação trabalhista, Josefa pedia horas extras, que com reflexos em encargos atingem R$ 23.038,89. Além disso, requeria também uma indenização por danos morais no valor de R$ 27.800, o equivalente a 10 salários que recebia, pelo possível ato ilícito da demissão.

Notícias relacionadas