Política

PSB quer que Supremo libere votação dos eleitores que não fizeram biometria

O ministro Celso de Mello é o relator da ação

[PSB quer que Supremo libere votação dos eleitores que não fizeram biometria]
Foto : Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2018 ⋅ 07:27

O PSB entrou com um pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal para liberar a votação de mais de 5,5 milhões de eleitores que tiveram o título cancelado por não fazerem a biometria. A sigla pede que as pessoas sejam autorizadas a votar no pleito do dia 7 de outubro e em um eventual segundo turno. 

De acordo com o partido, o objetivo é "impedir que sejam privados do exercício dos direitos políticos – notadamente do direito ao voto – os milhões de eleitores que não realizaram tempestivamente o recadastramento biométrico". O ministro Celso de Mello é o relator da ação. 

Dos mais de 5,5 milhões que tiveram o título cancelado, mais de um milhão de eleitores estão na Bahia. O prazo para o recadastramento biométrico no estado se encerrou em maio de 2018.

Notícias relacionadas

[Mourão diz que MEC precisa de 'freio de arrumação']
Política

Mourão diz que MEC precisa de 'freio de arrumação'

Por Matheus Simoni no dia 22 de Março de 2019 ⋅ 12:40 em Política

Declaração foi feita após ele ser questionado se ele está “desconfortável” com os “desencontros” verificados na pasta, comandada pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez