Política

Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país

Presidenciável ressaltou que, embora seja visto como um político de "esquerda", ele defende a união entre "o Brasil que produz com o Brasil que trabalha".

[Em Salvador, Ciro condena 'extremismos' e prega união do país ]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 10:00

 

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) condenou os "extremismos" na política brasileirs e pregou a união do país ontem (22), em visita a Salvador.

"Nenhum dos políticos, nenhum de nós merece que uma família se divida por radicalismo político ou por ódio. Nós precisamos agora ou nunca proteger a nação brasileira dessa desunião, desse ódio, desse extremismo", afirmou.

O pedetista ressaltou que, embora seja visto como um político de "esquerda", ele defende a união entre "o Brasil que produz com o Brasil que trabalha".

Notícias relacionadas