Política

Barroso recua após 'tom ácido' ao falar de corrupção no STF

Segundo o jurista, no Supremo, existe "gabinete distribuindo senha para soltar corrupto"

[Barroso recua após 'tom ácido' ao falar de corrupção no STF]
Foto : Nelson Jr/SCO/STF

Por Matheus Simoni no dia 26 de Setembro de 2018 ⋅ 15:20

Após falar da existência de um suposto esquema de corrupção dentro dos gabinetes do Supremo Tribunal Federal, o ministro Luís Roberto Barroso voltou atrás e divulgou uma nota sobre o "tom ácido" utilizado na entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. Segundo o jurista, no STF, existe "gabinete distribuindo senha para soltar corrupto".

Em nota, o ministro do STF adotou uma fala mais branda. "Há posições divergentes em relação às diferentes questões e todas merecem respeito e consideração", declarou Barroso.

Confira a nota na íntegra: 

Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, fiz uma análise severa da extensão e profundidade da corrupção no Brasil e uma crítica à própria atuação do Supremo Tribunal Federal na matéria. Todavia, o tom excessivamente ácido que empreguei não corresponde à minha visão geral do Tribunal. Há posições divergentes em relação às diferentes questões e todas merecem respeito e consideração.

Ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso

Notícias relacionadas