Política

Judiciário tinha que moralizar ‘o próprio quintal’, critica Boulos

Candidato do PSOL diz que Bolsonaro é “deputado há 27 anos e recebe auxílio-moradia tendo casa”

[Judiciário tinha que moralizar ‘o próprio quintal’, critica Boulos]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 07 de Outubro de 2018 ⋅ 09:44

O presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) teceu duras críticas, em entrevista à Rádio Metrópole, ao Poder Judiciário, que, segundo ele, contribuiu para o “aprofundamento da desilusão” no país. 

“O Judiciário, se ele queria moralizar o Brasil, que começasse moralizando o próprio quintal. Se queria limpar o Brasil, que começasse limpando as suas próprias sujeiras. A pior coisa que tem é moralista sem moral”, condenou.

O socialista pediu que os brasileiros votem “sem ódio e sem medo”. “Votem no que acreditam, depositem o sonho nas urnas. Nossa candidatura não teve medo de colocar o medo na ferida nem teve rabo preso com ninguém”, ressaltou, ao criticar o adversário Jair Bolsonaro (PSL).

Para ele, o capitão da reserva criou a falsa ideia de que não pertence ao sistema político, apesar de ser “deputado há 27 anos e receber auxílio-moradia tendo casa”. “As pessoas estão desiludidas e têm razão. O sistema político faliu e apodreceu”, pontuou.

Notícias relacionadas