Política

Bahia registra 16 ocorrências de crime eleitoral

Trinta e nove pessoas já foram levadas para delegacias

[Bahia registra 16 ocorrências de crime eleitoral]
Foto : Alberto Maraux

Por Lara Ferreira no dia 07 de Outubro de 2018 ⋅ 18:05

Trinta e nove pessoas foram encaminhadas às Delegacias Territoriais na Bahia por desrespeito a alguma lei eleitoral hoje (7). Entre os principais registros estão boca de urna, transporte ilegal de eleitores e propaganda irregular. No total, 16 ocorrências foram contabilizadas, todas no interior do estado. 
 
Entre os municípios em que os casos ocorreram estão Ubaitaba, Campo Formoso, Gandu, Seabra, Coronel João Sá, Canavieiras, Filadélfia, Milagres, Teixeira de Freitas, Itaberaba e Irecê. 
 
As ações da polícia para a garantia do direito ao voto foram acompanhadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle, situado no Centro de Operações e Inteligência. O plantão segue até amanhã (8).

Notícias relacionadas

[Temer e Moreira ficarão presos no mesmo local que Pezão ]
Política

Temer e Moreira ficarão presos no mesmo local que Pezão 

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 14:13 em Política

"Determino que o investigado Michel Miguel Elias Temer Lulia, na qualidade de ex-Presidente da República, seja custodiado na Unidade Prisional da Polícia Militar do Estad...

[Amigo de Temer, coronel Lima é preso]
Política

Amigo de Temer, coronel Lima é preso

Por Alexandre Galvão no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 13:42 em Política

Temer foi preso também em São Paulo quando se dirigia para seu escritório

['É uma barbaridade', diz Temer ao ser preso pela PF]
Política

'É uma barbaridade', diz Temer ao ser preso pela PF

Por Juliana Almirante no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 12:07 em Política

PF também prendeu o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco e faz buscas pelo ex-ministro da Casa Civil, Eliseu Padlha.

[Ex-ministro Moreira Franco é preso ]
Política

Ex-ministro Moreira Franco é preso

Por Juliana Almirante no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 11:56 em Política

PF também faz buscas por Eliseu Padilha e prendeu o ex-presidente Michel Temer.