Política

‘Quem não perceber a nova forma de fazer política, vai estar fadado ao insucesso’, diz Câmara

Para deputado estadual eleito, Geraldo Alckmin foi “varrido” porque não conseguiu se renovar

[‘Quem não perceber a nova forma de fazer política, vai estar fadado ao insucesso’, diz Câmara]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Rodrigo Daniel Silva/Juliana Rodrigues no dia 08 de Outubro de 2018 ⋅ 10:00

Eleito deputado estadual, o vereador de Salvador, Paulo Câmara (PSDB), afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, que os políticos que não perceberem a “nova forma de política” estão “fadados ao insucesso”. 

“Você olha o nosso candidato Geraldo Alckmin, que tinha o maior tempo de TV e gestão consagrada em São Paulo, mas foi varrido. Foi varrido. As pessoas não querem mais isso. Então, é um sinal claro que a população do país mandou para todos nós políticos. Ou nós começamos a interpretar e fazer uma nova forma de fazer política, um novo jeito, com muito trabalho, muita seriedade, muita dedicação, e dizendo a verdade, [ou] acabou. Quem não perceber esse movimento, efetivamente, vai estar fadado ao insucesso nas próximas jornadas”, afirmou o tucano.

Paulo Câmara disse que sentiu uma mistura de “alegria e tristeza” com o resultado das eleições, isto porque o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) não conseguiu se reeleger. “A gente precisa aprender o que foi que houve. O resultado está aí. Tem que se reinventar e ver o que aconteceu, mas é um novo dia, cabeça erguida, vamos trabalhar”, pontuou.

Notícias relacionadas