Política

Após 'Fraternos', filha de Robério Oliveira e Cláudia Oliveira fica fora da AL-BA

Além do pai e da mãe, Larissa tem o tio, o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, também atrelado na apuração de desvios de verba

[Após 'Fraternos', filha de Robério Oliveira e Cláudia Oliveira fica fora da AL-BA ]
Foto : Reprodução / Ativa FM

Por Alexandre Galvão no dia 08 de Outubro de 2018 ⋅ 16:20

Alvos da Operação Fraterno, no final do ano passado, os prefeitos Robério Oliveira, de Eunápolis, e Claudia Oliveira, de Porto Seguro, não conseguiram eleger sua filha para a Assembleia Legislativa da Bahia. 

Larissa Oliveira, que se apresentava na propaganda do PSD, seu partido, como a renovação teve pouco mais de 38 mil votos. 

Além do pai e da mãe, Larissa tem o tio, o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, também atrelado na apuração de desvios de verba. Deflagada pela PF, a Operação Fraterno apurou um suposto esquema de favorecimento de empresas de familiares dos prefeitos que simulavam licitações. Os contratos fraudados, segundo a PF, somam R$ 200 milhões.

Notícias relacionadas

[Mourão diz que MEC precisa de 'freio de arrumação']
Política

Mourão diz que MEC precisa de 'freio de arrumação'

Por Matheus Simoni no dia 22 de Março de 2019 ⋅ 12:40 em Política

Declaração foi feita após ele ser questionado se ele está “desconfortável” com os “desencontros” verificados na pasta, comandada pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez