Política

Paulo Guedes diz que polêmica envolvendo CPMF 'foi um equívoco enorme'

Para pedir que o presidenciável do PSL pare de ser criticado por causa da economia, Guedes disse que se tem muitos economistas no Brasil e que o que importa é ter liderança

[Paulo Guedes diz que polêmica envolvendo CPMF 'foi um equívoco enorme']
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Marina Hortélio no dia 09 de Outubro de 2018 ⋅ 17:20

Paulo Guedes, o encarregado no plano de governo de Jair Bolsonaro (PSL) pela economia, afirmou que a polêmica sobre a volta da CPMF em um possível governo do capitão reformado foi um "um equívoco enorme". Ele disse ainda que, na verdade, eles estudavam a convergência de impostos.

Guedes citou, em entrevista à Rádio Jovem Pan, o economista Marcos Cintra, que propõe eliminar os impostos indiretos, os regressivos, para beneficiar os mais pobres.

De acordo com Guedes, as duas alternativas seriam ou converter ambos para um imposto só, com base em um valor agregado, ou utilizar um modelo nos moldes da CPMF.

O economista de Bolsonaro disse ainda que a grande votação do capitão reformado no primeiro turno ocorreu devido a liderança que ele possui e a defesa de valores familiares.

Para pedir que o presidenciável do PSL pare de ser criticado por causa da economia, Guedes disse que se tem muitos economistas no Brasil e que o que importa é ter liderança.

Notícias relacionadas