Política

Gualberto diz que PSDB 'pagou caro' por apoiar governo Temer: 'Incoerência'

Tucano disse que aliados de Rui Costa vão apoiar "PT na Bahia e Bolsonaro aqui em Brasília", caso o capitão da reserva seja eleito

[Gualberto diz que PSDB 'pagou caro' por apoiar governo Temer: 'Incoerência']
Foto :Alexssandro Loyola

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 17 de Outubro de 2018 ⋅ 10:00

Presidente do PSDB na Bahia, o deputado federal João Gualberto subiu na tribuna da Câmara e fez uma mea-culpa. O tucano criticou o seu partido por ter participado do governo do presidente Michel Temer (MDB). 

"Incoerência também teve o meu partido durante esses quatro anos. Meu partido não era para ter participado do governo Dilma-Temer, que vinha acabando com o Brasil. E pagou caro por ter participado e pagou caro por se alinhar a vários partidos que fizeram parte do petrolão e do mensalão. O povo é justo e certo", afirmou.

Gualberto disse, ainda, que deputados aliados do governador Rui Costa vão apoiar "PT na Bahia e Bolsonaro aqui em Brasília", caso o capitão da reserva seja eleito. O parlamentar ressaltou que o militar é hoje um candidato "menos pior" do que o postulante petista Fernando Haddad (PT) à Presidência.

Notícias relacionadas