Política

MBL dá entrada em ação para suspender aumento para ministros do STF

O advogado do MBL e autor da ação, Rubinho Nunes, caracterizou o aumento como "absurdo, imoral, e ilegal"

[MBL dá entrada em ação para suspender aumento para ministros do STF]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 08 de Novembro de 2018 ⋅ 19:00

O coordenador nacional e advogado do MBL, Rubinho Nunes, deu entrada em uma ação popular contra o Senado Federal para suspender o aumento "absurdo, imoral, e ilegal dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal".

No documento, que foi protocolado hoje (8), Nunes solicita tutela de urgência "a fim de suspender imediatamente os efeitos da lei", além da intimação do senador Eunício Oliveira (MDB-CE), que pautou ontem (7) a votação do aumento.

Para Nunes, "a Lei de Responsabilidade Fiscal é clara, objetiva e pragmática ao estabelecer a observância do prazo de 180 dias antes do final do mandato para aprovação do ato que gere despesa com pessoal".

Notícias relacionadas

[Bolsonaro divulga texto que cita Brasil 'ingovernável']
Política

Bolsonaro divulga texto que cita Brasil 'ingovernável'

Por Matheus Simoni no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 14:55 em Política

O texto, que não tem autor conhecido, afirma que o País "está disfuncional", não por culpa de Bolsonaro, mas que "até agora (o presidente) não fez nada de fato, não aprov...

['Carlos sabe como manipular o pai', diz Bebianno]
Política

'Carlos sabe como manipular o pai', diz Bebianno

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 12:40 em Política

"O presidente está perdendo quase todos os seus verdadeiros aliados por conta disso", analisou o ex-ministro, em entrevista à revista Veja