Política

Articulador de governo Bolsonaro, Lorenzoni só aprovou dois projetos no Congresso

Onyx diz que o número de projetos aprovados não é suficiente para avaliar seu trabalho Legislativo

[Articulador de governo Bolsonaro, Lorenzoni só aprovou dois projetos no Congresso]
Foto : Divulgação / DEM

Por Alexandre Galvão no dia 11 de Novembro de 2018 ⋅ 15:00

Próximo ministro da Casa Civil do governo Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) só aprovou dois projetos em 16 anos de Congresso, de acordo com a coluna Estadão.

Segundo a matéria, o democrata tem seu nome como coautor de duas propostas que conseguiram ser aprovadas pela Câmara e Senado. A primeira, assinada ao lado de oito colegas, determina que os repasses do fundo partidário sejam proporcionais ao tamanho das bancadas eleitas. A segunda cria o Vale Cultura e é assinada por 63 colegas, entre eles, Manuela d’Ávila (PCdoB-RS).

O levantamento levou em consideração 114 proposições: 107 projetos de lei e sete propostas de emenda à Constituição apresentados desde 2003, quando iniciou a vida parlamentar. Entre eles, há inclusive, texto devolvido por vício de iniciativa.

À Coluna, Onyx diz que o número de projetos aprovados não é suficiente para avaliar seu trabalho Legislativo. Ele considera ter tido papel relevante para a aprovação da distribuição dos royalties do pré-sal para os municípios brasileiros e também para a saúde e a educação.

Notícias relacionadas