Política

Bolsonaro diz que nome para o Ministério da Educação pode ser confirmado hoje

De acordo com o jornal O Globo, escolha de Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna, não agradou a bancada evangélica, que o considera "progressista demais"

[Bolsonaro diz que nome para o Ministério da Educação pode ser confirmado hoje]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 22 de Novembro de 2018 ⋅ 09:00

O presidente eleito Jair Bolsonaro indicou que pode confirmar hoje (22) o nome do novo ministro da Educação. A declaração foi dada hoje pela manhã, em Brasília. Segundo ele, trata-se de um "ministério importantíssimo", onde está "o futuro do Brasil".

Ontem (21), por meio da rede social Twitter, ele informou que ainda não havia definição sobre o novo titular. Na tarde de ontem, grandes jornais chegaram a noticiar a escolha de Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna, para a pasta.

De acordo com o jornal O Globo, Bolsonaro teria ficado irritado com o vazamento de sua escolha antes de uma divulgação oficial. Além disso, o presidente eleito enfrenta resistência da bancada evangélica, que considera a indicação do educador como um entrave para demandas conservadoras na pasta. Para eles, Mozart é "progressista demais".

"Nós, a bancada evangélica, somos totalmente contra o nome dele e já externamos isso hoje. Vamos interpretar a escolha do nome dele como uma afronta. Para nós, o futuro governo pode errar no que quiser, menos no Ministério da Educação", disse o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), um dos líderes do grupo.

 

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo