Política

Nome de Mozart não está descartado para o Ministério da Educação, diz Lorenzoni

O educador havia sido convidado para assumir a pasta, mas a indicação provocou reações da bancada evangélica da Câmara

[Nome de Mozart não está descartado para o Ministério da Educação, diz Lorenzoni]
Foto : Divulgação / DEM

Por Daniel Brito no dia 22 de Novembro de 2018 ⋅ 15:40

O ministro extraordinário da Transição, Onyx Lorenzoni, disse hoje (22) que o nome do diretor do Instituto Ayrton Senna Mozart e educador Neves Ramos para o Ministério da Educação no governo Bolsonaro não está descartado.

De acordo com o Estadão, o educador havia sido convidado pelo presidente eleito para assumir a pasta, mas a indicação provocou reações da bancada evangélica da Câmara, favorável ao projeto Escola Sem Partido.

Lorenzoni disse que a equipe de transição procurou o instituto para obter um diagnóstico da educação, mas que o nome de Mozart vazou sem   nenhuma definição. “Temos profundo respeito pelo professor Mozart”, disse.

“Em nenhum momento, nenhum membro do gabinete de transição e tampouco o presidente da República deram qualquer indicativo de que havia definição”, enfatizou.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL