Política

Moro fará falta na Lava Jato, diz coordenador da operação

Deltan Dallangol afirmou que, mesmo com a saída do magistrado, os esforços da operação continuam

[Moro fará falta na Lava Jato, diz coordenador da operação]
Foto : Marcelo Camargo / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 22 de Novembro de 2018 ⋅ 22:00

O procurador e um dos coordenadores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, afirmou hoje (22) que o juiz Sérgio Moro ocupará o cargo de Ministério da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro para relizar "reformas estruturais e promover avanços”.

Durante um congresso voltado ao mercado financeiro em São Paulo, Dallangol afirmou que Moro vai fazer falta na Lava Jato." É inegável. Agora, o ganho para a causa anticorrupção é muito maior porque, em Curitiba, o juiz Sérgio Moro estava lutando contra as engrenagens de um sistema que estavam ajustadas para não funcionar contra os poderosos. Agora, o que ele vai fazer em Brasília é mudar essas engrenagens", disse.

Ainda na ocasião, o procurador garantiu que os esforços da operação continuam, mesmo com a saída de Moro. Equipes da Polícia Federal, Receita Federal, Justiça e, além disso, pelo 60 pessoas do Ministério Público estão empenhadas nas investigações da operação.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar