Política

Bolsonaro descarta Revalida para médicos formados no Brasil

A afirmação de Bolsonaro ocorreu depois de ele participar de almoço na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro

[Bolsonaro descarta Revalida para médicos formados no Brasil]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Alexandre Galvão no dia 25 de Novembro de 2018 ⋅ 17:30

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, descartou hoje (25) a possibilidade de submeter os médicos brasileiros ao Revalida – prova de avaliação e qualificação exigida para os profissionais formados fora do Brasil. Segundo ele, a hipótese não é considerada. Também criticou a prova realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aos recém-formados para que tenham o número da entidade.

"Eu sou contra o Revalida para os médicos brasileiros, senão vai desaguar na mesma situação que acontece na OAB. Não podemos formar jovens e depois submetê-los a ser boys de luxo em escritórios de advocacia", afirmou o presidente eleito.

A afirmação de Bolsonaro ocorreu depois de ele participar de almoço na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro, para participar do 10º Encontro do Calção Preto, que reúne antigos e atuais comandantes, professores e monitores da escola.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro assina desfiliação do PSL]
Política

Bolsonaro assina desfiliação do PSL

Por Kamille Martinho no dia 19 de Novembro de 2019 ⋅ 18:21 em Política

Informação foi confirmada pelos advogados do presidente, Karina Kufa e Admar Gonzaga

[Flávio Bolsonaro pede desfiliação do PSL]
Política

Flávio Bolsonaro pede desfiliação do PSL

Por Lara Curcino no dia 19 de Novembro de 2019 ⋅ 14:41 em Política

O senador já havia anunciado que deixaria a legenda para se aliar a partido que o pai quer criar