Política

'Foi o que menos importou', diz Haddad sobre distância de Ciro no segundo turno

Em entrevista à Folha de S. Paulo, candidato derrotado analisou a tentativa de criação de uma coalizão de esquerda na disputa eleitoral de 2018

['Foi o que menos importou', diz Haddad sobre distância de Ciro no segundo turno]
Foto : Ricardo Stuckert

Por Juliana Rodrigues no dia 26 de Novembro de 2018 ⋅ 11:40

O candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), disse, em entrevista publicada hoje (26) no jornal Folha de S. Paulo, que não ter o apoio de Ciro Gomes (PDT) na disputa do segundo turno "foi o que menos importou".

"Com toda a sinceridade: vivi um momento tão rico que foi o que menos importou. Não que eu não tenha lamentado o Ciro não ter ficado no Brasil ao meu lado. Mas me ver na praia de Ondina [em Salvador] com 120 mil pessoas celebrando a democracia é uma experiência que pouca gente vai ter na vida", disse Haddad.

O petista ainda falou sobre as negociações para criar uma coalizão de esquerda entre PDT e PT, antes das eleições. Segundo ele, Ciro não queria ser visto como a continuidade do que julgava "decadente".

"Não houve uma reunião entre o Ciro e o Lula. No final, [quando ficou claro que Lula não poderia concorrer], ele foi sondado por mim e por todos os governadores do PT. Eu sou amigo, gosto do Ciro. Mas ele errou no diagnóstico. E pode voltar a errar se entender que isolar o PT é a solução para o seu projeto pessoal", analisou.

Notícias relacionadas

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL