Política

Haddad defende humildade para conter avanço do 'populismo de direita'

Ex-ministro da Educação e candidato derrotado à Presidência participou de evento em Nova York

[Haddad defende humildade para conter avanço do 'populismo de direita']
Foto : Ricardo Stuckert

Por Juliana Rodrigues no dia 02 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:30

O ex-ministro da Educação e candidato derrotado à Presidência, Fernando Haddad (PT), afirmou ontem (1º) que reverter o "populismo de direita" presente no Brasil, nos Estados Unidos e em outros países será um desafio intelectual que vai exigir humildade. A declaração foi dada durante evento na Universidade Columbia, em Nova York, com a participação do ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis. 

"Não podemos ser arrogantes de imaginar que temos as respostas prontas para desafios tão complexos. Uma dose de humildade, mas uma humildade que não paralisa, que estimula a buscar alternativas rápidas que possam ser oferecidas a uma população que deseja um mundo novo. Ela só não sabe qual", disse Haddad. Para ele, o que os progressistas têm a oferecer é melhor "do que o que está sendo escolhido hoje nos Estados Unidos, no Brasil e no mundo".

Na sexta (30), Haddad se encontrou com o senador democrata Bernie Sanders, que encabeça a aliança Internacional Progressista.

Notícias relacionadas